domingo, 29 de julho de 2012

Alguns cuidados na aula de Pilates


1. Fique atento às instruções do professor, na dúvida peça que explique novamente;
2. Organize seu corpo antes de iniciar os movimentos e sempre que sentir necessidade;
3. Verifique se os equipamentos utilizados estão dimensionados para você;
4. Nunca deixe de respirar. Não brinque de roxinho!!! A respiração é fundamental para o bom desenvolvimento da técnica;
5. Realize os movimentos de forma lenta e precisa. Pilates é sinônimo de qualidade de movimento e não quantidade;
6. Nem sempre a dificuldade em realizar um exercício ocorre por falta de força, ensine seu corpo a controlar o movimento. Concentre-se;
7. Tencione apenas os músculos necessários pra realizar o movimento e mantenha os demais relaxados. Não se agarre ao colchonete ou outra base de apoio!
8. Fique atento à manutenção do controle da região abdominal (Power House), se perceber que perdeu a tensão, organize-se novamente. Sua coluna pode pagar caro por isso;
9. Informe ao professor sobre qualquer desconforto;
10. Compare seus resultados com você mesmo. Não se importe com o desempenho do seu colega. Respeite seus limites.

Fonte: Internet


Fonte: facebook - Estudio Pilates Clei Mathias

sexta-feira, 27 de julho de 2012

Stress um grande vilão para o envelhecimento

Fonte: Internet

Embora a tecnologia moderna esteja anos-luz à frente dos nossos antepassados primitivos, nossos recursos biológicos não mudaram sensivelmente nos últimos milhares de anos. Devido a esse entendimento, aprender como nossos corpos reagem a estressores externos e internos é de vital importância para a busca de melhor saúde e bem estar.

O sistema neuroendócrino é o conjunto de órgãos que apresentam como atividade característica a produção de secreções denominadas hormônios. Esses hormônios são lançados na corrente sanguínea e atuam em outra parte do organismo, influenciando em praticamente todas as funções dos demais sistemas corporais. Para conseguir controlar estes mecanismos, divulgamos algumas técnicas de gerenciamento de estresse, como relaxamento, Pilates,meditação e suplementos nutricionais que podem ajudar a você a gerenciar o estresse. Métodos estes que fisiologicamente ajudam a reduzir o cortisol e promover saúde e longevidade.

O cortisol é, de muitas maneiras, um hormônio paradoxal. Considerado o hormônio do estresse, ativa respostas do corpo ante situações de emergência para ajudar a reação física aos problemas, aumentando a pressão arterial e a glicose no sangue, propiciando energia muscular. Ao mesmo tempo todas as funções anabólicas de recuperação,renovação e criação de tecidos são paralisadas e o organismo se concentra na sua função catabólica para obtenção de energia.

Uma vez que o estresse é pontual, superada a questão, os níveis hormonais e o processo fisiológico voltam a normalidade, mas quando este se prolonga, os níveis de cortisol no organismo disparam. Essa via de dois lados atribui ao cortisol uma certa ambiguidade. Determinada quantidade de cortisol é necessária para manter a saúde plena, mas se for excessivo ou faltar pode ser mortal.

Ao contrário dos níveis de outros hormônios, tais como testosterona e DHEA, os níveis de cortisol geralmente não diminuem à medida que envelhecemos. Na verdade alguns investigadores acreditam que muitos problemas relacionados com a idade podem resultar do aumento maior de cortisol e de redução da produção de DHE, a que acontece a medida que envelhecemos.

ESTRESSE E OBESIDADE

Quantas vezes já nos deparamos com essa frase, estresse engorda? Cientistas agora atestam através de testes em laboratórios que níveis elevados de Cortisol estão realmente relacionados à obesidade. Modulando os níveis de cortisol podemos assim oferecer suporte para o controle de peso saudável e evitar resultados negativos para saúde associados à obesidade central, tais como diabetes do Tipo II.

Pratique atividade física para aliviar o stress e ser mais feliz!

Fonte: http://www.buscasaude.com.br

quarta-feira, 25 de julho de 2012

A dança para um corpo saudável

Fonte: Internet


A dança pode existir como manifestação artística ou como forma de divertimento ou cerimônia. Como arte, a dança se expressa através dos signos de movimento, com ou sem ligação musical, para um determinado público, que ao longo do tempo foi se desvinculando das particularidades do teatro.
Ao começar a dar os primeiros passos de dança, a pessoa se desprende dos tabus, medos e preconceitos e aos poucos percebe a sua vida se transformar.



A Dança é uma atividade física para todas as pessoas e não existe nenhuma restrição de idade e nem de qualquer outro tipo, não existe um impedimento já que os passos podem ser sempre adaptados às limitações físicas de cada um. 

Muitas pessoas procuram a dança para se divertir, descontrair e muitas vezes por indicação médica, já que a Dança é uma atividade extremamente prazerosa e proporciona um ótimo condicionamento físico.

Benefícios da dança:

Aumenta a Flexibilidade
Melhora o condicionamento aeróbico
Melhora a coordenação motora
Emagrece, ajuda a perder Peso
Melhora a Capacidade Cardiorespiratória
Fortalece a musculatura
Protege as articulações
Atenua dores
Previne problemas posturais e de artrose
Aumenta o convívio social
Combate a depressão e a timidez
Traz alegria
Deixa a Auto-Estima elevada
Combate o Stress
Ajuda a relaxar

Dançar é uma excelente maneira de mantermos a forma e nos divertir.


Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Dan%C3%A7a

terça-feira, 24 de julho de 2012

ALGUNS MOTIVOS PARA FAZER PILATES


Pilates aumenta a sua flexibilidade e liberdade de movimentos

1. Seu corpo vai ficar melhor alinhado, evitando desequilíbrios e melhorando sua postura. Isso é particularmente útil para os esportistas, por exemplo: pense em um jogador de tênis, constantemente rebater a bola usando o mesmo braço ou um jogador de golfe sempre balançando de um mesmo lado.

2. Você vai tornar seu corpo mais ciente e melhor coordenado, melhorar suas habilidades proprioceptivas (a maneira como seu corpo se move no espaço).

3. O espaço entre as vértebras será aumentado, isso irá minimizar a pressão sobre os discos e nervos. Não há dúvida de que o Pilates irá prevenir problemas nas costas ou ensiná-lo a gerenciá-los.

4. Você vai construir força no núcleo para ajudar a apoiar a coluna e manter uma boa postura. Muitos de nós têm a postura que está longe do ideal, muitas vezes a causa de muitos problemas de saúde, principalmente problemas nas costas.

5. Todos os músculos são trabalhados de modo que, todo o corpo pode trabalhar junto em vez de uma área ficar sobrecarregada.

Você não tem que levantar pesos para adquirir definição muscular

6. Flexibilidade e mobilidade serão substancialmente melhoradas ao longo do tempo, para que o corpo possa se mover livremente, sem colocar tensão indevida sobre as costas.

7. Você vai aprender a respirar corretamente e de forma eficiente, para que a abundância de oxigênio possa atingir todas as partes do corpo, principalmente da coluna vertebral. Respiração alivia o stress e pode reduzir a pressão arterial elevada, assim como de energia crescente.

8. A condição e força de seu assoalho pélvico será grandemente melhorada, pois o assoalho pélvico é parte do núcleo reduzindo os problemas de incontinência. Um grande problema e não apenas para as mulheres!

9. Seu corpo vai mudar de forma, e para melhor! Proporcionando um corpo magro e físico tonificado.

10. Os exercícios aumentam os níveis de serotonina e endorfina, que promovem sentimentos de bem-estar e de meditação. São agora amplamente utilizados como uma forma de lidar com a depressão. Pilates é uma excelente maneira de ajudá-lo a levar uma vida feliz e positiva


Fonte: Internet


NÃO PERCA MAIS TEMPO... PROPORCIONE QUALIDADE PARA A SUA VIDA, O QUE VOCÊ TEM DE MAIS VALOR

domingo, 22 de julho de 2012

Os 11 sinais e sintomas de paz interior


Fonte: Internet

Medite em cada um deles e sinta a força que emana de seu coração

1. Perda de interesse em conflito.
2. Ataques frequentes de sorrir.
3. Esmagadores ataques frequentes de apreciação.
4. Perda de desejo de julgar os outros.
5. Capacidade inconfundível de apreciar cada momento.
6. Tendência a pensar e agir espontaneamente ao invés de medo baseado na experiência do passado.
7. Perda de interesse em interpretar as ações dos outros.
8. Perda da capacidade de se preocupar (um sintoma grave).
9. Sentimentos satisfeitos de conexão para com o outro e da natureza.
10. Aumentando a susceptibilidade a amor prorrogado por outros, bem como uma incontrolável vontade de estendê-lo.
11. Tendência crescente para deixar as coisas acontecerem ao invés de fazer as coisas acontecerem.

Fonte: http://portalarcoiris.ning.com/

Síndrome do Desfiladeiro Torácico, você conhece?


Muitas vezes nos deparamos com desafios a superar em nossas aulas. Um grande e constante desafio é diminuir a tensão muscular na região dos ombros e pescoço de nossos alunos. Os músculos esternocleidomastóideo e trapézio porção superior são afetados constantemente pelo stress do dia-a-dia e pela má postura. 
Fonte: Internet
Alguns casos podem ser amenizados com um bom trabalho de propriocepção e fortalecimento da postura, mas alguns parecem não responder positivamente a esses estímulos. Isso porque alguns casos não são simples tensões musculares, mas sim a Síndrome do Desfiladeiro Torácico (SDT).
Trata-se de uma compressão do plexo braquial tão intensa que inibe a circulação sanguínea de membros superiores. O plexo braquial é o conjunto de cinco raízes que saem da medula no pescoço, comunicando-se entre si, dando origem a todos os nervos do membro superior. 
A compressão ocorre devido a alterações posturais ou anatômicas que alteram o triângulo formado pela primeira costela, clavícula e músculos escaleno e peitoral. Daí o nome “desfiladeiro”.
O aluno sente dor intermitente relacionada ao movimento, normalmente em extensão e abdução de ombros. Pode haver também parestesia e déficit de força em membros superiores.
O tratamento é baseado em bloqueios anestésicos locais nos pontos-gatilho, tratamentos tradicionais de fisioterapia (TENS, por exemplo) e exercícios posturais e de fortalecimento.
Exercícios de alongamentos oferecem grande sensação de alívio para esses alunos e são muito indicados. Os exercícios de força são necessários, porém devem ser aplicados com muito cuidado, respeitando a amplitude de movimento para não agravar a tensão gerada pela síndrome. Indica-se iniciar o trabalho de força com exercícios isométricos. Exercícios de mobilidade de coluna, pescoço e cintura escapular são indicados para aumentar a propriocepção do aluno e alongar musculaturas mais profundas. O feedback do aluno serve como base para este trabalho dar certo.
Sugira que seu aluno entre em contato com o médico ortopedista ou fisioterapeuta caso ele apresente alguns dos sintomas dessas síndromes e bom trabalho pela frente!



Fonte: Estudio Pilates Clei Mathias
          https://www.facebook.com/estudiopilates.cleimathias

segunda-feira, 16 de julho de 2012

Evite a preguiça de malhar no inverno


Fonte: Internet
Sair da cama quentinha na temporada de inverno já é um esforço tremendo e, se for para se exercitar, a tarefa se torna praticamente impossível, eu concordo! Mas é nessa hora, que você deve ter o seu objetivo em mente.Antes de sair debaixo das cobertas, faça uma pergunta para si mesma, "porque eu não posso ficar na cama numa boa?" Se a resposta for negativa, isso quer dizer que você não vai se exercitar o inverno todo. E daí você já imagina o resultado. Curvas cheinhas e saúde comprometida, pois comemos mais durante esta estação e é preciso queimar as calorias, por isso pense simplesmente que vai fazer o seu treino diário, algo que faz parte da sua rotina.

No frio, o corpo demora mais para entrar em exaustão, o que contribui para você se exercitar por mais tempo e se cansar menos. O resultado é mais calorias queimadas e corpo pronto para quando o calor chegar.
Malhar nessa época do ano é uma forma de acelerar o metabolismo e fortalecer as defesas do organismo para atravessar a estação livre de gripe, resfriado e doenças respiratórias que são tão comuns nessa nos meses de frio.
Como você transpira menos do que em outra estação , é mais difícil ficar desidratada - melhor para a sua performance e para o seu conforto quando estiver praticando atividade física. Mas não é por isso que você não precisa tomar água, afinal, no inverno, o ar é mais  seco e a hidratação é fundamental para evitar a perda de rendimento e o cansaço.

Então deixe a preguiça de lado, coloque um tênis e uma roupa confortável e bora malhar!


terça-feira, 10 de julho de 2012

Caminhada - exercício simples e eficaz

Fonte: Internet

A caminhada é uma atividade simples e barata, ajuda a emagrecer se for associada com uma reeducação alimentar, além de fazer muito bem para o sistema cardiorrespiratório, circulatório e linfático.

Inicialmente para uma pessoa sedentária, o tempo de caminhada é no máximo de 30 minutos em terreno plano com nível de dificuldade leve, com o passar do tempo o corpo se acostuma com o esforço inicial e já não é mais considerado um esforço, e então, emagrecer fica mais difícil. Por isso, depois do 1º mês, quem caminha na rua, deve começar a apertar mais o passo, e investir em roteiros onde haja mais subidas, por exemplo. Assim o nível de dificuldade fica maior e a perda de peso é garantida.

Antes de começar a caminhar é importante seguir algumas dicas, como usar um tênis confortável, com meia e roupas leves, que favoreçam o exercício. Alongar-se antes de começar e iniciar aos poucos.

Os dez primeiros minutos devem ser mais leves, e partir daí, deve-se apertar o passo. E nos últimos dez minutos, o ideal é ir abrandando o ritmo e respirar mais profundamente. Isso além de diminuir o risco de lesões, melhora o desempenho cardíaco.

Caminhar praticamente não tem contraindicações. Indivíduos de todas as idades, desde que saudáveis podem praticar esta atividade física. Mas se o indivíduo sentir alguma dor no corpo, deve ir ao médico antes de começar a caminhar, para não agravar o problema.



Algumas dicas para começar a caminhar:
  1. Caminhe no horário certo - antes das 10h da manhã e após as 16h da tarde, use sempre protetor solar.
  2. Tenha um objetivo 
  3. Mantenha o foco
  4. Beba muita água
  5. Nunca faça caminhada em jejum 
  6. Mantenha sempre a postura correta durante a caminhada contraindo a barriga para dentro.
  7.  Vá até uma parede e coloque os pés paralelos e encostados na mesma, depois o quadril os ombros e a cabeça olhando para frente sem elevar o queixo e mantendo os joelhos estendidos. Segure durante um minuto e depois saia devagar caminhando, mantendo a postura que você estava na parede. Faça isso umas 3 vezes e depois saia para fazer a sua caminhada. Assim você vai adaptando o seu corpo, condicionando a musculatura de sustentação e prevenindo as dores decorrentes de uma má postura.
  8. Faça sempre de tênis, meia e roupas leves que ajudem no exercício.
  9. Não caminhe carregando peso.
  10. Não exagere.
  11. Alongue-se antes e depois, o alongamento ajuda a prevenir lesões e aquecer a musculatura.

Fonte: Internet

Fonte: http://www.tuasaude.com


segunda-feira, 9 de julho de 2012

Drenagem linfática + Pilates

Você sabia que a drenagem linfática combinada 
com o Pilates pode ser um ótimo aliado para 
combater a celulite?

Fonte: Internet
Essas duas combinações melhoram aquele aspecto de casca de laranja, melhorando a circulação linfática e sanguínea, pois trabalham com os gânglios linfáticos que funcionam como comportas para a passagem da linfa, que se abrem para a eliminação das toxinas. Logo após a drenagem linfática é interessante fazer o Pilates para contrair a musculatura e proporcionar uma ativação da circulação sanguínea e potencializar a eliminação dos líquidos pela urina.

Afinal o que é celulite ou fibro edema gelóide?
O fibro edema gelóide (celulite) é uma modificação particular das células de gordura e das fibras de colágeno, é uma acumulação excessiva de gordura nas camadas mais profundas da pele. A celulite reduz a circulação sanguínea e provoca problemas ao nível do metabolismo celular.

É caracterizada principalmente pelo aparecimento de ondulações da pele, dando um aspecto de casca de laranja, sendo classificadas em 4 graus. Normalmente surgem na região dos glúteos, coxa, barriga e braço.

Grau 1: A superfície da região é lisa quando a paciente está deitada ou em pé. A alteração é vista quando se pinça a área com os dedos ou sob contração muscular, ou seja, só se torna visível quando a pele é apertada.

Grau 2: Aspecto de casca de laranja sem nenhuma contração ou pinçamento.

Fonte: Internet
Grau 3: Assim como no grau 2, o aspecto de casca de laranja é evidente e sem nenhuma manipulação (pinçamento ou contração muscular). Além disso, notam-se áreas em relevo (elevadas) e nodulações. 

Grau 4: O inchaço das células gordurosas é acentuado, a celulite é dura e a pele fica lustrosa, com diversas depressões e aspecto de casca de laranja, a circulação está extremamente comprometida, levando a sensação de cansaço e dor nas pernas.

Entre os causadores da celulite está a ingestão de gorduras saturadas e sódio em excesso, somado a herança genética, fumo, pouca atividade física e problemas circulatórios e até emocionais.

Para melhorar o aspecto da celulite é preciso mudar seus hábitos alimentares, praticar atividade física, controlar o comportamento emocional e fazer massagem.

Uma ótima atividade física que pode ajudar a atenuar a celulite é o Pilates, pois essa prática promove o aumento da massa magra (músculos) com o aumento dessa musculatura o seu metabolismo irá melhorar levando uma maior queima de gordura, outro benefício é a flexibilidade muscular, aumentando a vascularização levando a uma melhor circulação sanguínea.

Fonte: Internet

Músculos mais fortes e mais alongados ajuda na tonificação muscular, diminuindo o aspecto da celulite e deixando o corpo firme e definido. Com a prática frequente do Pilates à um um aumento do bem estar físico e mental.


Dicas para prevenir a celulite:


Fonte: Internet

* Tomar água é a melhor medida anti-celulite. Tome no mínimo 2 litros por dia.
* Cuide da sua alimentação, escolhendo sempre comer pouquíssima gordura (frituras, alimentos preparados com óleo, carnes gordas, etc)
* Evite também excesso de açúcares (refrigerantes, chocolates) e carboidratos (macarrão, pão branco, bolachas). Prefira sempre os integrais.
* Controle com um ginecologista suas taxas hormonais (menstruação com problemas, disfunções hormonais, uso de pílulas anticoncepcionais podem ser causas da celulite).
* Mantenha uma rotina constante de exercícios físicos. A caminhada é uma ótima aliada.
* Após o banho, passe diariamente hidratantes em todo o corpo para manter a boa textura e aparência da pele.
* Evite o consumo de sal em excesso, pois ele causa a retenção de líquidos.
* Controle a ingestão de alimentos com alta taxa de sódio, como salgadinhos (chips), alimentos em conserva, embutidos e enlatados, que causam a retenção de líquidos.
* Evite o uso de calças e roupas apertadas, pois elas diminuem a circulação.
* Faça drenagem linfática, pelo menos duas vezes por semana para controlar a retenção de líquidos.






Fonte: http://gnt.globo.com
          http://revistashape.uol.com.br
          

quinta-feira, 5 de julho de 2012

Porque a aula de Pilates é cara?


No estúdio sempre chega algumas perguntas e até críticas sobre o valor das aulas de Pilates.
Então postarei o que acho e adoraria saber a sua opinião também.

Fonte: Internet

Lei de Mercado

Para começar a entender o que determina o preço das aulas de Pilates vamos ao conceito básico da lei de mercado. Oferta e procura.
Há dez anos atrás as aulas de Pilates eram só para poucos, pois quase ninguém conhecia o método. Para fazer a formação era preciso sair do Brasil, nessa época poderia ser: SE É RARO, É CARO.
Hoje em dia o Pilates está cada vez mais difundido pela mídia, muitos famosos praticam Pilates. Se por um lado o número de profissionais habilitados para trabalhar com a técnica cresceu a procura também e se a procura é maior que a oferta, o preço sobe.

Investimento do profissional é caro

Além do profissional ser formado em Fisioterapia ou Educação Física, quem ministra as aulas de Pilates precisa investir em aulas e cursos. Um curso de formação básica em Pilates pode custar até 12 mil reais, fora as atualizações e mini-cursos específicos ( para gestantes, para patologias da coluna, para escoliose, para crianças, etc). Esse profissional muitas vezes fez pós-graduação e também investiu nisso. Se ele decidir montar o próprio estúdio ainda irá investir no mínimo 35 mil reais em equipamentos e instalações, além das contas mensais que haverá.

Paga-se pelo serviço como um todo

Diferente de uma consulta médica, o aluno paga não apenas pelo atendimento. As aulas precisam ser preparadas previamente, muitas vezes demandam pesquisas e leituras. Tudo baseado em uma avaliação física e postural, montar a aula, dependendo do caso, pode levar mais tempo do que a aula propriamente dita. Claro que essa proporção diminui a medida que o profissional torna-se mais experiente.

Em estúdio, o atendimento geralmente é individual, podendo ser também com dois, três ou até quatro alunos por hora e isso também encarece o valor da aula. Alguns estúdios disponibilizam bebedouro, chá, cafezinho, sala de espera com televisão e vestiários, onde é possível tomar banho e sair pronto para qualquer compromisso. Outras facilidades podem fazer o preço ser mais salgado como a localização, estacionamento, política de reposições e concorrência.

Valorização profissional

Se eu não valorizar o meu trabalho, quem o fará? Essa é a pergunta que eu me faço sempre e que todos os profissionais deveriam fazer. Já perdi alunos em função do valor da minha aula e não me abalo com isso. Paga quem quer e ás vezes quem pode e mesmo assim tenho os horários quase todos preenchidos.
O que não posso admitir é cobrar pouco por um serviço de qualidade, que toma uma grande parte do meu tempo e da minha energia, para o qual estudei mais de 6 anos e continuo estudando, e perceber que o aluno não valoriza isso. Muitas vezes a pessoa gasta com roupas de grife, viagens ao exterior, carro, restaurante, balada e quer economizar com Pilates. Complicado!

Não sou uma instituição filantrópica, porém contribuo da forma que posso para atender aqueles que realmente precisam dos meu serviços como Fisioterapeuta e Instrutora de Pilates.


Amo o que faço, faço o que amo!



Fonte: http://centraldopilates.blogspot.com.br